DISCOS QUE MARCARAM A HISTÓRIA II

Disc 1-teaser

Depois de vos termos trazido um álbum dos anos 70 na nossa 1ª edição, viajamos desta feita até aos anos 90, mais precisamente até ao ano de 1996. Ao encontro de um dos mais marcantes discos de Hip hop de todos os tempos!

(THE SCORE)

Este seria o segundo e último disco do trio que dava pelo nome de Fugges (Wyclef Jean, Lauren Hill e Pras Michel), vindo o mesmo a tornar-se num dos mais aclamados e bem sucedidos da história do Hip hop. Primeiramente o trio que permaneceu no activo entre 1992-1998 havia já lançado Blunted on Reality em 1994, mas o disco não viria conquistar a crítica nem o grande público, apesar do seu sucesso “underground”. No entanto as qualidades inovadoras que o trio emprestava a sua música, quer ao nível dos dotes vocais das suas rimas, mas essencialmente no uso dos samples, não viriam a passar despercebidos ao então presidente da Ruffhouse Records (Christ Schwartz).

Com 135.000 dólares adiantados pelo presidente da Ruffhouse, o trio concentrou-se em montar um estúdio de gravação na cave de um dos tios dos membros do grupo, longe da pressão da editora. Com total controlo artístico do álbum o grupo iniciou a gravação do disco em Junho de 1995, e terminou-o em Novembro nesse mesmo ano. O processo seria mais tarde descrito pelo trio como sessões relaxadas, em que eles apenas se dedicavam a desfrutar da sua música, dando assim origem ao que eles haviam de chamar “hip hop boa onda”.

A forma como eles usaram os “samples”, juntando-lhes os instrumentais gravados ao vivo, viria a fazer escola no hip hop alternativo que marcou a segunda metade da década de 90. A produção ficou quase na totalidade a cargo do próprio trio, e ainda de Jerry Duplessis (contando ainda com produção adicional de Salaam Remi, John Forté, Shawn King e Diamond D.)

O álbum foi lançado a 13 de Fevereiro de 1996 (continha 17 faixas e tinha uma duração de aproximadamente 73 min), transformando-se num sucesso instantâneo, tanto ao nível da crítica, como das vendas (os ritmos iam do hip hop, a soul, passando pelo reggae). O disco atingiu o 2º lugar da Billboard top 200, e o 1º lugar das tabelas Hip Hop e Rap. Conquistando só nos EUA 6 discos de platina (equivalente a mais de 6 milhões de discos vendidos), somando igual número de vendas em todo o mundo, ao alcançar o 1º lugar de vendas de países como o Inglaterra, França, Holanda, Bélgica, etc (o que o transformou na altura num dos mais rentáveis discos de Hip hop até então lançados).

Fu-Gee-Lá foi o 1º single do álbum, e chegou ao nº 29 da Billboard Hot 100 (a música inclui elementos do tema Ooo La La La de da cantora Teena Marie) .

Killing Me Softly foi o 2º single, e o mais bem sucedido do disco ao atingir a 2ª posição da Billboard Hot 100 e 1º lugar do top britânico (um cover do tema original de Killing Me Softly with His Song de Charles Fox e Norman Gimbel). A música venceu o Grammy para melhor performance R&B, de um duo ou grupo de 1996.

Ready Or Not foi o 3º e ultimo single do álbum, e muito embora o vídeo clipe tenha sido um dos mais badalados da altura da MTV, a canção nãos se destacou nos tops (o tema é uma interpolação da canção dos The Delafonics , Ready or Not Here I Come “you can’t hide from love”). A música seria ainda motivo de polémica, por usar sem permissão o sample da canção Boadicea da cantora Enya!

No final o disco viria a arrecadar o Grammy para melhor álbum de Rap do ano, marcando claramente uma alternativa ao “Gangsta Rap” que na altura dominava os tops. Com o passar dos anos o álbum tem vindo a aumentar ainda mais o seu prestígio, passando a figurar desde 1998 na lista dos 100 melhores discos de Rap da prestigiada revista The Source. E desde 2003 à ocupar o nº477, da lista dos 500 melhores álbuns de todos os tempos da Rolling Stone.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

More in Arquivos, Musica (211 of 378 articles)
Blade Runner1


Um estilo visual característico e revolucionário, versatilidade da temática dos seus filmes, e uma aptência ...